Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gorongosa

MENU

No dia 15 de Outubro de 2008, foi levada a cabo por anciãos da comunidade local uma cerimónia de bênção, ou ntsembe, no local do futuro Centro de Educação Comunitário (CEC). A cerimónia foi presidida por Maneca Chicare, o Chefe tradicional da comunidade de Nhambita, à sombra de uma árvore considerada sagrada, perto da futura entrada do Centro. Juntamente com o seu irmão e a sua esposa, o Sr. Chicare deu instruções ao pessoal do Parque e a algumas dúzias de trabalhadores da construção, acerca de como respeitar os costumes e tradições nos terrenos onde irão trabalhar para construir o Centro de Educação.

 

Membros do PNG e da comunidade local batem palmas durante o ntsembe

 

 

A cerimónia ntsembe destina-se a evocar os antepassados da região a fim de com eles partilhar os desenvolvimentos em curso no Parque e assim, pedir-lhes a sua bênção para que o trabalho se concretize com sucesso. Foi especificamente pedido aos antepassados para protegerem o pessoal do Parque de animais selvagens ou de acontecimentos sobrenaturais que existem na mitologia local. Anualmente, antes do início da época de turistas, realizada-se ntsembe no Campo de Safari de Chitengo, dentro do Parque. Esta cerimónia também foi realizada aquando da deslocação de búfalos para o Santuário de Fauna Bravia e realiza-se normalmente quando se empreendem viagens à Serra da Gorongosa ou quando os turistas e pessoal do Parque visitam as grutas Khodzué. Foi também levado a cabo um rito do género quando se construíram as nove cabanas para turistas em Chitengo. Mais recentemente, em Julho de 2008, aquando da celebração do Acordo de Longo Prazo Para a Gestão Conjunta do Parque Nacional da Gorongosa pelo Governo de Moçambique e a Carr Foundation, foi realizada uma cerimónia tradicional na presença do Presidente Armando Gebuza e outros participantes.  

 

Os rituais de bendição reúnem todos os parceiros ligados à vida do Parque e reforçam os laços entre eles. Permitem ao pessoal do Parque reconhecer formalmente as autoridades tradicionais locais e a importância da sua cooperação no Parque. Os líderes locais ajudam o Parque ao mobilizar a população local para a protecção do ecossistema da Gorongosa.

 

 

O Régulo de Nhambita, Maneca Chicare e esposa numa das fases do ntsembe


A construção do Centro de Educação foi apoiada inicialmente pelo IPAD - Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento e pela Fundação Carr. O objectivo do Centro é contribuir para a melhoria das condições de vida da população da província de Sofala, uma das províncias mais pobres de Moçambique, através da educação e formação de membros das comunidades locais. Um elevado número de membros da comunidade local, dentro e em volta do Parque Nacional da Gorongosa, que não puderam matricular-se na escola, terão agora a oportunidade de aprender acerca de agricultura, saúde, ambiente e melhores práticas para o desenvolvimento rural no espaço do Centro. O Projecto de Restauro da Gorongosa recebeu recentemente uma doação da Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID) para construir infraestruturas adicionais para o CEC.

 

Temos a esperança de que a construção do centro permita reunir no Parque líderes locais com conhecimentos de ciência tradicional e cientistas e especialistas oriundos de toda a região. Talvez assim mais líderes das comunidades locais sigam carreiras profissionais em ciências, o que irá resultar no aumento da sua capacidade de cuidar e proteger lugares importantes como a Gorongosa.

 

 Momentos finais do ntsembe

 

Ao continuar com a realização de ntsembes e com os princípios de conservação do Parque Nacional da Gorongosa, a construção do CEC terá, a todo o tempo, um cuidado extremo com o ambiente. O campus do CEC foi desenhado para acomodar as árvores existentes na zona, a fim de diminuir o impacto na terra. Os passeios já foram desenhados de maneira a que os trabalhadores da construção não danifiquem os terrenos do campus enquanto trabalham para construir o Centro. Os edifícios serão construídos com materiais locais e um design ecológico inovador, destinado a reduzir gastos de consumo energético, incluindo painéis solares e sistema de captação da água das chuvas.

 

O Centro educacional contará com vários dormitórios, uma sala de aulas grande, uma cafetaria, uma biblioteca, alojamento para os gestores do Centro e uma 'guest house' para investigadores visitantes. Será através deste espaço que o Parque Nacional da Gorongosa chegará às comunidades circundantes, através de workshops, sessões de capacitação e conferências educacionais para crianças, assim como para adultos. A abertura do CEC está agendada para meados de 2009.

 


 

Inserir comentário

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
Inserir emoticons
captcha

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários