Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gorongosa

MENU

Aberta Época Turística 2010 no PNG

Parque Nacional da Gorongosa 21 Abr 10

picture 1.jpg

Corte da fita no portão de acesso aos safaris


O Parque Nacional da Gorongosa (PNG) abriu no dia 15 de Abril corrente a época turística 2010, num ambiente de grande festa e recheado de diversas manifestações culturais.

 

O PNG esteve com os portões de acesso à rede das picadas do safari fechados desde 18 de Dezembro último. Trata-se de uma interrupção que acontece todos os anos no mesmo período por se tratar de começo da estação chuvosa em que a precipitação pluvial inunda as planícies e torna estradas em autênticos lamaçais, impossibilitando a circulação de todo o tipo de viaturas mesmo as de tracção às quatro rodas.

 

A efeméride foi caracterizada por cerimónias tradicionais, declaração da abertura da época turística, discursos de membros do Comité de Supervisão da gestão do PNG e do administrador distrital da Gorongosa, realização do Safari inaugural, danças tradicionais e exibição do filme "Africa´s Lost Eden".

Tomaram parte do acto administradores distritais e directores dos Serviços distritais do Planeamento e Infra-estruturas, das Actividades Económicas e da Educação, Cultura, Juventude e Tecnologia da Gorongosa, Nhamatanda, Muanza e Cheringoma.

 

Estiveram igualmente presentes os régulos da Zona Tampão do PNG e outros convidados, incluindo trabalhadores e membros da direcção do Parque.

 

Cerimónias tradicionais em respeito aos hábitos locais

O Parque em respeito aos hábitos e costumes da região organizou duas sessões de cerimónias tradicionais. A primeira, dirigida por Chuva Camacho Nhanguo, teve lugar no dia 14 de Abril de 2010 nas ruínas do antigo acampamento turístico de Chinongora, mais conhecido actualmente por "Casa dos Leões".

 

A Casa dos Leões, construída em 1940, localiza-se nas planícies do Rio Mussicadzi, a 10 km do Chitengo. Este sítio teve que ser abandonado dois anos mais tarde, devido a grandes cheias na época das chuvas. Os leões tomaram conta das construções abandonadas passando a ser conhecido com o nome de "Casa de Leões".

 

Chuva Camacho Nhanguo é responsável por ritos tradicionais do regulado com o nome do seu apelido, cujo território de jurisdição estende-se até Chinongora.


picture 2.jpg
Cerimónia tradicional na Casa dos Leões

 

Por sua vez, João Chitengo orientou no dia seguinte no acampamento de safaris do Chitengo junto à árvore sagrada, a cerimónia tradicional em veneração ao espírito do Chitengo que se acredita, de acordo com narrações orais, que tenha sido o primeiro cidadão a se estabelecer nesta região provavelmente no início do séc. XX.

 

Em geral, os dois líderes espirituais fizeram preces de bênção para que o PNG consiga maior índice de captação de receitas na presente época turística. Igualmente pediram aos espíritos dos seus antepassados a protecção para os trabalhadores e visitantes do Parque em relação à fauna bravia.


picture 3.jpg
João Chitengo, orientando a cerimónia na árvore sagrada

 

Declaração de abertura

Depois da cerimónia tradicional orientada por João Chitengo, seguiu-se o momento dos discursos da declaração de abertura oficial do Parque junto ao portão que dá passagem à área de safaris.

 

O membro do Comité de Supervisão do PNG pela parte do Governo de Moçambique, Bernardo Beca Jofrisse, foi o primeiro a dirigir-se aos presentes. Na sua breve intervenção falou do sucesso mundial do filme "Gorongosa National Park: África´s Lost Eden" que já ganhou oito prémios internacionais.

 

O documentário recebeu o Prémio Ouro na categoria TV - Viagens e o Grande Prémio Diamante em todas as categorias no Festival de Filmes de Turismo de Berlim, que teve lugar de 10 a 14 de Março de 2010, na Alemanha, obteve quatro prémios no Festival Internacional de Filmes sobre a Vida Selvagem da Montana, nos EUA.

 

Já mais recentemente foi galardoado com mais dois prémios, nomeadamente Grand Prix Award e Eco Tourism Award, no Festival de Filmes de Turismo de Riga, na Letónia.


picture 4.jpg
Bernardo Beca Jofrisse, membro do Comité de Supervisão do PNG

 

Por seu turno, o membro do Comité de Supervisão do PNG pela parte do Gorongosa Restoration Project, Greg Carr, abordou sumariamente as prioridades das acções a desenvolver no ano em curso. Referiu-se à reintrodução de mais animais, construção de mais infra-estruturas e continuação da implementação de iniciativas do desenvolvimento sócio- económico e comunitário da Zona Tampão.


picture 5.jpg
Greg Carr, membro do Comité de Supervisão do PNG

 

Enquanto que o administrador do distrito da Gorongosa, João Oliveira, apelou a uma maior cooperação das estruturas tradicionais e da comunidade em geral no controlo da caça furtiva e das queimadas descontroladas dentro da área de conservação.


picture 6.jpg

João Oliveira (à esquerda), administrador do distrito da Gorongosa
 

Por fim declarou aberta a época turística 2010 do PNG e procedeu ao corte da fita no portão que dá acesso à zona de safaris. Acto seguido por um game drive inaugural.


picture 7.jpg
Safari inaugural

 

Apresentação do informe das actividades

Na parte da tarde, a direcção colegial do Parque apresentou aos convidados de honra e aos membros do Comité de Supervisão um informe das actividades realizadas em 2009.

 

De uma forma genérica, foram abordados conteúdos relacionados com a afluência de turistas em número de 4.630, a criação de 459 empregos, dando prioridade a mão-de-obra local cifrada em 46% só para o distrito da Gorongosa, reintrodução de animais bravios, implementação de projectos de geração de rendimento familiar nas comunidades da Zona Tampão, divulgação e popularização da imagem do Parque ao nível nacional e internacional, entre outros.

Apresentaram intercaladamente o informe o gestor do Departamento das Operações, Scott Kipp, o director do Departamento de Comunicação, Vasco Galante, o director do Departamento das Relações Comunitárias Mateus Mutemba e o director do Departamento da Conservação, Carlos Lopes Pereira.


picture 8.jpg
Aspecto da sessão de informe das actividades

 

Visita ao acampamento e a outras construções em curso

Depois da apresentação do informe das actividades realizadas em 2009, os convidados de honra visitaram o acampamento de safaris e as obras de construção de dois dormitórios para trabalhadores em Chitengo. Também visitaram o Centro de Educação Comunitária, aonde receberam a explicação do estágio da obra e dos objectivos do empreendimento.


picture 9.jpg
Momento da visita ao refeitório do Centro de Educação Comunitária

 

Actividades culturais

A cerimónia decorreu em ambiente de grande festa com canto e dança tradicionais.

 

O Grupo Cultural Chibango Mapaza da Gorongosa, vindo da vila-sede distrital, sob a liderança de José Chibango, deu mais luz e cor o evento com cantos e boa dança ao ritmo de sons de batuques tocados com muita proficiência.

 

Os artistas mostraram o seu multifacetado talento em várias danças, como é o caso de Mapaza, Djole e Nkhetekete. Na ocasião, Greg Carr mostrou que socializa-se facialmente com qualquer cultura e também tem habilidade nos pés ao entrar em palco e ensaiar com perfeição alguns passos de Mapaza.

 

A direcção do Parque em todos os seus eventos tem privilegiado actividades do género como forma de promoção da diversidade cultural e respeito pelas manifestações culturais locais. A festa durou o dia todo com muita comida e bebida tradicional e convencional ao som de muitos cantos e danças.

 


Momento de uma das diversas actividades culturais

Inserir comentário

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
Inserir emoticons
captcha

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários