Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gorongosa

MENU

O restaurante Moyo na marginal de Durban, foi a localização adequada para acolher os representantes da indústria de Safaris que ficaram a conhecer os finalistas e os vencedores dos "2011 Safari Awards", num total de 21 categorias.

Este evento funcionou de forma perfeita como uma antecipação do que viriam a ser 4 energéticos dias de total imersão e frenética interacção da Feira de Turismo - Indaba 2011.

Apesar de estar apenas no seu terceiro ano de actividade, "Explore Gorongosa" foi o vencedor em duas categorias do "2011 Safari Awards": "Best New Safari Camp in Africa" e "Best Ecological Safari Property in Africa".

 

award_1.jpg

Os "2011 Safari Awards" ganhos por "Explore Gorongosa"

 

Situado no mundialmente famoso Parque Nacional da Gorongosa, uma jóia que está a ser descoberta pelo circuito Africano de safaris, "Explore Gorongosa", é a primeira iniciativa privada de ecoturismo na história do Parque.

 

As luxuosas experiências de safaris do "Explore Gorongosa" são levadas a cabo por guias especializados em algumas das áreas mais bonitas e repletas de fauna bravia de Moçambique, enquanto simultaneamente se fundamentam no princípio de causar um impacto ecológico mínimo no nosso planeta.

 

A região da Grande Gorongosa é ímpar do ponto de vista ecológico e fica situada no extremo sul do Grande Vale do Rift Africano; como tal é uma região com grande diversidade de espécies e com caraterísticas ambientais sem comparação no sub-continente.

 

A chave para a biodiversidade e para a preservação de habitats no nosso planeta é a protecção de áreas de importância ecológica, tais como o Parque Nacional da Gorongosa e a respectiva bacia hidrográfica, como é o caso da vizinha Serra da Gorongosa.

 

Trata-se na verdade de uma emocionante história de esperança, em que a organização Americana sem fins lucrativos "Gorongosa Restoration Project", em conjunto com o Governo de Moçambique, estão a proteger e restaurar o ecosistema do Parque Nacional da Gorongosa e a desenvolver a indústria do ecoturismo de forma a beneficiar as comunidades locais.

 

Após a assinatura de um contrato de co-gestão do Parque com o Governo por 20 anos e o excelente progresso efectuado ao estabelecer operadores turísticos, como por exemplo "Explore Gorongosa", enquanto parceiros fundamentais, a jornada para restaurar "O Paraíso Perdido de África" começou da melhor forma.


award_0.jpg

A equipa do "Explore Gorongosa": Greg Reis, Jos Janisch e Rob Janisch

 

"Estamos muito orgulhosos e imensamente satisfeitos por ter ganho estes dois prémios. Ser reconhecido como o "Best New Safari Camp in Africa", é uma prova da filosofia que adoptámos na "One Africa", e também de que temos tido sucesso em renovar o sentido original da palavra "Safari", ao substituirmos o comercialismo com a paixão e a união com a terra, com a fauna bravia e com as pessoas, em prol dos nossos convidados.

 

Complementarmente, ao ganharmos também o "Best Ecological Property in Africa, este prémio tem um grande significado para nós, porque é essencial para o "Explore Gorongosa e genuína, em todos os detalhes do nosso produto, a obsessão pela sustentabilidade e por sólidos princípios ecológicos.

 

Obviamente, como em quase tudo na vida, o sucesso é criado por quem nos rodeia, e por isso agradecemos a todos os que tornaram isto possível: os nossos convidados, os nossos parceiros da indústria turística, os nossos colaboradores no terreno, e a Greg Carr, Mateus, Todd, Vasco, Carlos, Franziska e aos restantes membros da equipa do PNG, e claro à própria Gorongosa, de quem continuaremos orgulhosamente a fazer parte!", afirmou Greg Reis, co-fundador da "One Africa", o proprietário da operação de safaris "Explore Gorongosa" em Moçambique.

 

"Existem mais de três mil "safari lodges, camps and mobile safari operators" em África e existe uma necessidade de criar uma diferenciação entre aqueles que proporcionam uma experiência de safari mediana ou sofrível e aqueles que excedem as expectativas. A chave para medir a excelência de uma experiência de safari é a análise da mesma de forma cabal. O objectivo dos "Safari Awards" é o de reconhecer esta excelência entre os melhores operadores e "safari lodges" de África.


award_2.jpg
Todd Hasselbeck (PNG), Greg Reis (EG), Vasco Galante (PNG)

 

Desde a sua criação em 2008 os "Safari Awards" têm-se vindo a destacar, e são vistos cada vez mais como o ouro-padrão da indústria.

 

Em 2011 o número de categorias premiadas cresceu para 21. Com nomeações provenientes de mais de um milhar de profissionais da indústria turística, e de centenas de leitores de revistas como "Conde Nast Traveller", "Tatler", "Brides" e "Travel Africa" podemos estar seguros de que qualquer operador de safaris nomeado para um "Safari Award" está entre os melhores do seu género.

 

Os finalistas fazem parte dos melhores 3% de África e os "Safari Award Winners" são sem dúvida os melhores dos melhores, com uma reputação conseguida através da sua excelência. Com empreendimentos Moçambicanos de safaris a conseguir 4 primeiros prémios, um segundo prémio e um largo conjunto de finalistas em 2011, não há qualquer dúvida que Moçambique está rápidamente a tornar-se um destino de eleição", afirmou Rosanne Cobb, Fundadora e Editora Executiva do "Good Safari Guide".

 

Para finalizar, podemos afirmar que no contexto holístico do Projecto de Restauração da Gorongosa, que visa fazer reviver a fauna bravia e integrar as comunidades circundantes num modelo sustentável que garanta o futuro do Parque, as recentes proezas do "Explore Gorongosa", são prova adequada de que esta história de esperança tem ainda muito mais capítulos por escrever.


award_3.jpg

    Rob Janisch (EG), Greg Reis (EG), Fernando Sumbana Junior (Ministro do Turismo de Moçambique), Fernando Fazenda (Alto-Comissário de Moçambique na África do Sul) e Jos Janisch (EG).

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários