Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gorongosa

MENU

Books for Kids Africa acaba de implantar uma biblioteca comunitária móvel em Vinho, no distrito de Nhamatanda, em Sofala. Trata-se do primeiro conjunto de livros de tantos a serem entregues por este projecto às comunidades da Zona Tampão do Parque Nacional da Gorongosa (PNG).

 

IMG_4489.jpg

Os assistentes da acção efectuada na Escola Primária de Vinho têm o primeiro contacto com os livros da nova biblioteca


A acção visa preencher a lacuna da falta de materiais didácticos diversificados de conteúdo literário e ilustrativo nas escolas, sobretudo nas zonas rurais, dado que o processo de aprendizagem é mais eficaz quando a educação é relevante e atraente.

 

Por outro lado, segundo a respectiva directora, Mary Jo Amani, o projecto Books for Kids Africa tem por objectivo pôr à disposição das crianças diversos livros como forma de motivá-las e propagar o hábito do gosto pela leitura fora da sala de aula com vista a contribuir na melhoria de qualidade da educação em Moçambique.


IMG_0070.jpg

Os novos livros despertaram o interesse dos participantes mais velhos...

P1070130.jpg

... e também dos mais jovens!
 

Para a posição da facilitadora da biblioteca comunitária móvel do Vinho foi eleita Belinha Basto. E para desempenhar cabalmente as suas funções, a jovem mãe, recebeu uma breve formação em matéria da ocupação que passou a assumir.

 

Para começar, o projecto deixou naquela comunidade 11 sacolas e 110 livros para empréstimos. Para além daquele ponto geográfico de Nhamatanda, igualmente beneficiarão dessa iniciativa mais comunidades da Zona Tampão do PNG.

 

Paralelamente, Mary Jo Amani e a sua colaboradora e amiga Lehla Eldridge, autora e ilustradora, acompanhadas por técnicos do PNG, visitaram em Dezembro do ano passado o povoado de Mbulaua e o posto administrativo do Vunduzi, no distrito da Gorongosa, para explicar o propósito do seu programa e explorar interesses para estabelecimento de mais bibliotecas comunitárias.


img_4476.jpg
Mary Jo Amani (centro), directora do Books for Africa apresentando o seu projecto em Mbulaua

     Books for Kids Africa, baseado no programa de grande sucesso nicaraguense Libros para Niños que há 18 anos fomenta bibliotecas itinerantes em escolas públicas e salas de leitura da comunidade, promove a leitura no País através de bibliotecas móveis da sala de aula, bibliotecas comunitárias de empréstimo, formação de professores e publicação de livros culturalmente relevantes para as crianças.

 

As bibliotecas comunitárias, também conhecidas por bibliotecas de empréstimo, comportam até 500 livros de alta qualidade e de fácil leitura para crianças e adultos em Português. Elas são geridas por facilitadores locais o que garante aos interessados o empréstimo rotativo de sacolas com até dez obras de diferente temática segundo critérios previamente definitivos.

 

Os requisitantes depois de lê-las em suas casas, escolas e comunidades passam-nos para os outros. As bibliotecas móveis são também usadas para as salas de aula, nomeadamente entre as classes do ensino primário com o propósito dos livros serem lidos em voz alta para os alunos puderem participar em debates e realizar actividades neles contidos.

 

Este, segundo os mentores da iniciativa, é um impulso significativo para a realização de leitura e melhorias na escrita, audição, gramática, e outras aprendizagens.

 

Já a formação de professores visa treiná-los em metodologia de leitura em voz alta e silenciosa para complementar a instrução fonética, como parte integrante dos processos de aprendizagem activa que pode ser usado em todo o currículo.

 

Pretende-se assim dotar os docentes de metodologias participativas e proporcionar-lhes experiência que possa ajudá-los a criar novas competências pedagógicas.

 

Importa referenciar que Nwadjahane, na província de Gaza, foi a primeira comunidade em Moçambique a beneficiar-se de uma biblioteca comunitária móvel de empréstimo em Novembro de 2009 do projecto Books for Kids Africa.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Últimos comentários